segunda-feira, 15 de maio de 2017

Tenta me reconhecer no temporal, me espera (Ele ainda está aqui)

Estes dias por entre as playlists da vida e a difícil tarefa de tentar ser adulto e responsável me deparei com o seguinte trecho de uma música interpretada pela Sandy juntamente com o Tiago Iorc, a canção toda parece ser sobre alguém que espera por um outro alguém, mas devido aos dias difíceis não consegue enxergar mais a situação de um ponto de vista otimista.

"Tenta me reconhecer no temporal
Espera, no temporal
Me espera..."


Esse trecho veio como uma flecha dentro do peito e coração desde o primeiro  momento em que a ouvi, por que de fato, não é exclusividade minha, mas não tá fácil pra ninguém. (é só da uma passada no Twitter pra observamos o puro creme das bad vibes
Automaticamente me lembrei dessa passagem bíblica a qual Jesus acalma a tempestade durante uma viagem de barco com os discípulos....
_Lucas 8: 22 ao 25_
"Certo dia Jesus subiu num barco com os seus discípulos e disse:
Vamos para o outro lado do lago.
Então eles partiram. 23Enquanto estavam atravessando o lago, Jesus dormiu. Um vento muito forte começou a soprar sobre o lago, e o barco foi ficando cheio de água, de modo que todos estavam em perigo. 24Aí os discípulos chegaram perto de Jesus e o acordaram, dizendo:
— Mestre, Mestre! Nós vamos morrer!
Jesus se levantou e deu uma ordem ao vento e à tempestade. Eles pararam, e tudo ficou calmo. 25Então ele disse aos discípulos:
Por acaso vocês não têm fé?
Mas eles estavam admirados e com medo e diziam uns aos outros:
— Que homem é este? Ele manda até no vento e nas ondas, e eles obedecem!"
Sempre quando pensamos, ou focamos demais em algo, a tendência é que aquilo pareça bem maior do que realmente é, e assim deixamos de prestar atenção em outras coisas, geralmente isso faz bastante sentido quando estamos com medo ou passando por coisas ruins em algum momento da vida. Quase sempre estamos como os discípulos gritando desesperados, achando que esses dias ruins ou momentos ruins jamais irão passar, mas o Mestre ensina a descansar, tirar a mão do (timão do barco) e deixar que ele guie a situação toda.
Nós sempre teremos a tendência que querer controlar tudo ao nosso redor, mas só conseguimos ir até onde o nossos olhos veem e nossas mãos alcançam Ele vai Além, muito mais além e nos chama pra irmos ao outro lado com Ele.
Antes de abandonar o barco e desistir com medo de naufragar e perder tudo, deixe que Ele acalme a tempestade, descanse, não é fácil, mas é preciso,reconhece-lo no temporal, reconhecer a sua graça e bondade mesmo quando não houver sol ou motivos para comemorar.Apenas deixar ser levado, guiado...
Não será fácil, mas valerá a pena,nós não estamos sozinhos nesse barco, Ele dorme ao nosso lado...
Aquela velha canção diz muito:
"Não temo mais o mar, pois firme está minha fé, no barquinho está Jesus de Nazaré..."

@oluanrodrigues <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A ansiedade e tudo o que o ela me rouba...

Talvez você já tenha lido algum texto meu sobre a ansiedade. E é incrível como ela parece fazer parte da minha vida. Mesmo que hoje e...